quinta-feira, 17 de março de 2011

" as vezes é preciso aprender a perder, a ouvir e não responder, a falar sem nada dizer, a esconder o que mais queremos mostrar, a dar sem receber, sem cobrar, sem reclamar. As vezes é preciso respirar fundo e esperar que o tempo nos indique o momento certo para falar e então alinhar as ideias, usar a cabeça e esquecer o coração, dizer tudo o que se tem para dizer, não ter medo de dizer não, não esquecer nenhuma ideia. as vezes mais vale desistir do que insistir, esquecer do que querer. Abrir a janela e deitar tudo fora, queimar as fotográficas, esquecer a voz e o cheiro, as mãos e a cor de pele, apagar a memoria sem ter medo de a perder para sempre, esquecer tudo, cada momento, cada segundo, cada passo, cada palavra, cada promessa, cada desilusão. Porque quem parte sabe sempre para onde vai, leva consigo a certeza de que fez bem e que não podia ser de outra maneira. Quem fica, fica a ver, a pensar, a lembrar. Até se conformar e um dia esquecer"

desculpa, mas eu tenho culpa? talvez sim, talvez uma parte de mim tenha, aquela que desesperadamente continua a esperar por ti, pelo próximo verão, mas ainda existe a outra, que só te quer apagar, porque mesmo depois de oito meses de separação ela sabe que continua a doer, mas este fim-de-semana foi bom, mesmo sem ter acontecido nada, estávamos longe dos teu inúteis amigos, longe da escola e da rapariga de quem gostas , mas ali não tive medo de te cumprimentar, nem de no final enquanto me despedia de ti, te perguntar com o ar mais triste possível, com o único aspecto com que me apetecia estar 'ja vais?', porque tu fazes com que goste de tudo quando estou contigo, ate do mais piroso pormenor.  Já devias saber que, por mais que me custe, mas é o melhor para ti, tornaste-te num segredo que dificilmente vou revelar. ainda te lembras? a primeira vez que te vi senti um calor dentro de mim e tive medo de chegar perto de ti, mas isso não foi só na primeira vez, metias-me, ou melhor metes-me num nervosismo total, foi a primeira vez que os meus olhos souberam ver o que é o amor, e que aprenderam que ele nos dá mais dor que prazer. continuou a lembrar-me do primeiro dia em que te vi, da primeira vez que te cumprimentei toda eu "temia" por assim dizer, a primeira vez que estivemos juntos dentro do rio, lembraste? estava toda atrapalhada sem saber o que dizer, e simplesmente olhava para ti e depois para não dar nas vistas desviava o olhar, hoje em dia à noite ainda sonho como era estar contigo, agora,  como nós estivemos no verão, ou melhor ainda ... mas tu foste embora sem qualquer esforço aparente, e agora reages como se não fosse eu, mas ainda sou, ainda sou eu, eu não mudei !
 eu estarei aqui quando tu resolveres voltar, talvez um dia o faças ! 

"nunca sabes o que queres e vives tão perdida nas tuas duvidas que nem sequer consegues perceber o mal que podes infligir aos outros. Mas tens de ser forte, tens de desistir e andar para a frente. Faz como eu: procure alguém que o ame verdadeiramente e construa o seu próprio amor"
o dia em que te esqueci, de margarida rebelo pinto*





obrigada aos meus queridos seguidores por todas as ajudas, ja devia ter agradecido aos cem, mas pronto, faço-o aos cento e vinte cinco, OBRIGADA!

54 comentários:

  1. acabei hoje de ler esse livro :)
    muito obrigadaaaa *

    ResponderEliminar
  2. ameei *-* , eei to seguindo, segue tb ? (: , bgs ;* . ae o blog , www.gossipinfor.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. gosto deste blog, é um dos melhores que já vi (:
    continua assim, querida :b
    - http://passadospresentesfuturos.blogspot.com/ - segues? :$

    ResponderEliminar
  4. Adorei, estou a seguir. Segues tambem? :b

    ResponderEliminar
  5. Pode não resolvê-los masé o mais fácil, e parece automático, parece que só vemos a opção de "querer fugir aos problemas" à nossa frente --'
    Enfim xD

    ResponderEliminar
  6. Mas nós conseguimos.
    Quer dizer, temos que conseguir :')

    ResponderEliminar
  7. Adorei o blog e já estou a seguir, se quiseres passa no meu - http://odiariodorodrigoa.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  8. Gostei bastante:)
    Vou seguir, segue também +.+
    Beijiinhos *.*

    ResponderEliminar
  9. Adorei o teu blog* Já tou a seguir, segues o meu? :) Bjs

    ResponderEliminar
  10. obrigado minha querida, eu vou ser forte, tenho de ser! adorei o texto :')

    ResponderEliminar
  11. Deixo-te o link da página oficial do meu blog: http://www.facebook.com/pages/Vou-Contar-te-Um-Segredo/185569908149177
    Beijo

    ResponderEliminar
  12. adoro o teu blog! sigo-te :) acompanhas-me ?

    ResponderEliminar
  13. Achei o teu blog muito fofinho!!! Vou seguir, segue o meu tambem se gostares: conceicaoccs.blogspot.com
    Bjs <3

    ResponderEliminar
  14. adorei *.*
    sigo, e tu, acompanhas-me? $:

    ResponderEliminar
  15. quem pede desculpa pela demora sou eu $$: obrigada, se a minha está ou esteve de volta a tua também estará *-* acredito nisso.

    ResponderEliminar
  16. entendo-te na perfeição, quando conseguires ter tempo vens (; obrigada ** oh, porquê? s; explica-me melhor sff.

    ResponderEliminar
  17. tudo o que dizes neste blogue faz me pensar eu ao ler todas as historias começei a chorar, todo o que li, fez me entender e fazer muitas coisas ! Obrigado, continua assim és espectacular +.+

    ResponderEliminar
  18. adorei minha querida, estou a seguir *

    ResponderEliminar
  19. oh, isso é mau s; o destino é cheio de reticências, nada poderá estar traçado. quem sabe se esse sofrimento não passa a felicidade? eu espero muito sinceramente que sim :c

    ResponderEliminar
  20. estou a seguir, segue o meu tambem (:

    ResponderEliminar
  21. Parabens pelo blog
    E pelo texto

    www.ponderarerefletir.blogspot.com

    ResponderEliminar
  22. Não me tens de agradeçer de nada, eu sim porque os todos os teus textos dao me força para muita coisa e fazem pensar muito mesmo. Os meus textos não têm nada haver com os teus, secalhar porque ja passas te por coisas diferentes e piores que eu, e escreves com palavras lindas e um sentimento forte *.*
    Eu agora tembem estou a passar por uma fase pouco boa da minha vida, nunca pensei passar tao mal por causa de um rapaz :| mas os teus textos ajudam muito...
    Continua a escrever assim, adoro ler os teus textos.Continua aserio :D

    ResponderEliminar